quarta-feira, 29 de maio de 2019

Elisabete Mália sobre o seu segundo livro infantil: «É muito importante trabalhar a aceitação; não somos todos iguais»



Elisabete Mália está a lançar o seu segundo livro infantil, intitulado "Bem-me-quer, quer-me-bem!".

Com ilustração de Mariana Torpes Fernandes, o conto infantil, mas também indicado para adultos, fala-nos de duas comunidades: o campo dos bem-me-quer e o campo dos mal-me-quer.

A história, ficcionada, começa com uma pequena flor cuja semente, por acidente, cai noutro campo de flores que leva a uma transformação na sua comunidade. O conto fala-nos de transformação, de criação de novos hábitos, da pressão dos grupos sobre quem é diferente, da aceitação, da magia do amor e da nossa intuição.

Graças à esperança e à força de acreditar, no final da história percebemos que juntos conseguimos mais e melhor, desde que seja em nome do amor.

O conto termina com a criação de uma nova tradição e alteração do nome da comunidade dos mal-me-quer para bem-me-quer.

Na página de Facebook da Elisabete podem adquirir o livro que custa seis euros.

Aqui está a conversa simpática e serena que tive com a Elisabete.




Sem comentários:

Publicar um comentário